Digitalização Bancária: Percepção de funcionários quanto às mudanças organizacionais

  • Luciana Penna Bellini Faculdade Metodista Granbery
  • Lázaro Lopes Jeronymo, Sr PUC - MG

Resumo

Resumo:


Este estudo aborda a percepção de funcionários de um banco a respeito da criação de escritórios de negócios que é reflexo de um processo de digitalização do atendimento aos clientes. Neste estudo foi feita revisão bibliográfica sobre mudanças organizacionais e percepções humanas a respeito das mesmas. A pesquisa foi realizada com funcionários de dois escritórios de negócios de um banco (denominado Banco Z) para identificar a percepção que tiveram ao passar pelas mudanças que a criação destes escritórios trouxe para suas vidas profissionais. A partir de um levantamento de campo, realizado por meio de questionário, as informações foram coletadas e os resultados mostraram que: os funcionários não têm visão negativa a respeito de mudanças; a percepção dos funcionários variou com a fase do processo de mudança da organização, indo de negativa (antes da mudança) para positiva (depois da mudança); que esta percepção inicial negativa pode ter sido fruto de deficiências na comunicação do processo; que os funcionários expressaram sentimentos positivos com relação ao trabalho desempenhado hoje na empresa; e não identificou relação entre “tempo de casa” e percepção sobre a mudança.


Palavras-chave: digitalização, mudança organizacional, banco, escritório de negócios.

Publicado
2018-11-07
Como Citar
BELLINI, Luciana Penna; JERONYMO, Lázaro Lopes. Digitalização Bancária: Percepção de funcionários quanto às mudanças organizacionais. Anais - CAT - Congresso de Administração e Tecnologia, [S.l.], v. 4, n. 1, p. 85-113, nov. 2018. ISSN 2525-7617. Disponível em: <http://revista.granbery.edu.br/index.php/cat/article/view/86>. Acesso em: 21 set. 2019.
Seção
Artigos sobre Recursos Humanos e Responsabilidade Socioambiental